Ligue e Assine: (48) 3265-0446

04/04/2012 | Tamanho da Letra A- A+

Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra envolvido em assaltos na região

Eram 6h30 desta quarta-feira, 04, quando policiais civis de São João Batista, com apoio da DRR (Delegacia de Repressão a Roubos) e equipe do COP (Central de Operações Policiais), de Florianópolis, realizaram uma operação para cumprir mandado de prisão de Dieqson Brito, no bairro Costeira do Pirajubaé, em Florianópolis.

Dieqson estava sob investigações da polícia há meses, devido há participações em vários assaltos na cidade de São João Batista e região. Segundo o investigador da Polícia Civil, Eduardo Menezes, entre janeiro e fevereiro, 14 assaltos foram cometidos na região e, Dieqson é acusado de seis. “O assalto na Pizzaria do Iggio, Restaurante do Trevo, Vigilante do Banco do Brasil, em Nova Trento, empresa Sonho Real, Posto de Combustível e Padaria, em São João Batista. Ainda, é suspeito de assaltos em outros estabelecimentos”.

Um pouco antes do assalto a empresa Sonho Real, em que levaram R$ 50 mil, a polícia estava finalizando relatório para cumprir o mandado contra Dieqson. Após o assalto, novas investigações iniciaram. “Como sabíamos que ele havia se mudado para Florianópolis, esperamos o desfecho das investigações”, diz Eduardo. Nesse assalto, o comparsa Romaties dos Santos foi preso.

Na casa de Dieqson, também estava Daniel Manoel da Silva, 21 anos, que segundo os policiais fazia parte da quadrilha que participou do assalto na casa de Bento Rover, em Nova Trento, semanas atrás. “Como há relação entre eles, suspeita-se que Dieqson tenha envolvimento por meio de informações à quadrilha que efetuou a ação”, informa o investigador.

Daniel ficou preso na DRR, em Florianópolis, por receptação e roubos há uma loja de roupas na capital. No local, foram encontrados três sacos de lixo com dezenas de bermudas e camisetas roubadas. Também foram encontrados objetos comprados com o dinheiro dos assaltos, como um fogão, cama box, roupeiro e telefones celulares.

Dieqson foi trazido para São João Batista, onde será ouvido pelo Delegado Ângelo Moreno Cintra Fragelli.

 

Informações Polícia Civil e Portal Vittrinne

Fotos: Portal Vittrinne/Paulo Schmidt