Ligue e Assine: (48) 3265-0446

09/03/2018 | Tamanho da Letra A- A+

Projeto oferece aulas de Língua Portuguesa a imigrantes haitianos em SJB

Elas podiam curtir as tarde de sábados com a família, amigos, passear em shoppings ou simplesmente descansar. Mas a vontade de ajudar ao próximo fala mais alto. Em São João Batista, um grupo de mulheres voluntárias se dedicam a ensinar a Língua Portuguesa a imigrantes haitianos que residem na cidade.

Há uma estimativa de que a Capital Catarinense do Calçado conta com 100 haitianos. Desses, 38 estão matriculados e participaram da primeira aula de 2018, na Escola de Educação Básica Alice da Silva Gomes, no Centro, espaço esse cedido pela Secretaria de Educação, por meio da Prefeitura. Sábado, 03, houve uma confraternização entre voluntárias e estudantes, com um delicioso café oferecido pelo Supermercado Macris.

O projeto Plan – Acolhimento em Língua Portuguesa para Imigrantes – é amparado pela UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina – onde todas as voluntárias passam por capacitação para ministrar as aulas.

Rose Oliveira, que é uma das membros voluntárias do grupo. Ela destaca que, o projeto surgiu após perceberem a necessidade de apoio a essas pessoas instaladas em São João Batista, que não dominam a Língua Portuguesa, e tem dificuldade de comunicação, principalmente no ambiente de trabalho.

Os imigrantes que tiverem interesse em fazer as aulas, deve se dirigir até a Escola Alice da Silva Gomes, na Rua Lauro Francisco Sgrott, 48, nos sábados, das 14h às 16h30, dia e horário que são ministradas as aulas.