Ligue e Assine: (48) 3265-0446

08/07/2019 | Tamanho da Letra A- A+

Governo e Sistema Fecomércio unem esforços pelo desenvolvimento do turismo catarinense

O governador Carlos Moisés recebeu, na tarde desta sexta-feira, 5, a "Carta de Orlando para o Turismo Catarinense", elaborada por uma comitiva de empresários e gestores envolvida em uma missão técnica em maio. O grupo conheceu a fundo as práticas da cidade americana que se transformou referência mundial em eventos, entretenimento e lazer e propôs a adoção de iniciativas semelhantes em Santa Catarina.

"Estamos trabalhando muito para fortalecer o turismo no estado, e iniciativas como esta só vêm a somar. Temos uma equipe qualificada dando início a um novo tempo para o setor", afirmou Moisés.

A entrega da carta foi feita pelo presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, Bruno Breithaupt. O vice-presidente de turismo da entidade, Hélio Dagnoni, o presidente da Câmara Empresarial, José Eduardo Moritz, e o coordenador da missão técnica, Luis Fernando Albalustro, participaram da reunião, realizada na Casa d'Agronômica, em Florianópolis. Pelo lado do Governo do Estado, o encontro também foi acompanhado pelo diretor de Planejamento e Desenvolvimento Turístico da Santur, Leandro Ferrari.

Breithaupt elogiou o fato de o governador ter colocado profissionais com experiência na área para gerir a Santur e destacou que o desafio deve ser o de impulsionar o turismo também no interior do estado. "Precisamos olhar com um pouco mais de carinho para a serra catarinense, por exemplo. Nossa geografia é muito bonita e pode ajudar a trazer bons resultados", expôs o presidente.

A Carta de Orlando elenca quatro aspectos principais necessários para o fortalecimento do setor. São eles: aprimoramento da gestão integrada do turismo catarinense; desenvolvimento de novos negócios, produtos e serviços ofertados; envolvimento da comunidade com o segmento; e a formação e qualificação de profissionais.

Missão técnica

A missão técnica percorreu um roteiro com visitas ao Centro de Convenções de Orlando (Orange County Convention Center), Amway Center (arena esportiva e casa do Orlando Magic, time de basquete da NBA), Rosen College Of Hospitality Management (instituição de ensino que forma os profissionais do turismo e hospitalidade para atender a demanda da região), entre outros.

O objetivo da viagem foi identificar as estratégias usadas para a atração e retenção de visitantes, conhecer as práticas para fomentar participação dos agentes turísticos da região e a relação com o poder público local, além de observar as práticas de sustentabilidade econômica, social, ambiental e cultural no destino e equipamentos turísticos.

Compartilhamento de dados

Outro ponto discutido na reunião foi o compartilhamento dos dados do Observatório do Turismo com a Santur. O projeto, lançado pelo Sistema Fecomércio em janeiro deste ano, monitora indicadores e dados da cadeia produtiva em todas as 12 instâncias de governança do turismo. "Todos os números que estão sendo levantados serão acoplados à base de dados da Santur para ajudar na tomada de decisões", explicou Ferrari.

O governador também recebeu o relatório do Turismo Catarinense em Movimento, ciclo de eventos realizado pelo Sistema Fecomércio em 2018 para identificar gargalos e oportunidades de cada região. O download do relatório pode ser feito no site da entidade.