Ligue e Assine: (48) 3265-0446

21/08/2019 | Tamanho da Letra A- A+

Pesquisa aponta que mais de 50% das famílias que residem no bairro Colônia Nova Itália são descendentes dos primeiros imigrantes italianos no Brasil

Os alunos do Ensino Médio da Escola de Educação Básica Lídia Leal Gomes, no distrito de Tigipió, em São João Batista divulgaram o resultado de uma pesquisa realizada junto ao professor de História Malcon Gustavi Tonini. Os dados apontam que 54% da população que reside no bairro Colônia Nova Itália são descendentes de italianos provindos para o povoamento ainda no século XIX.

“É um dado estatístico interessante, onde mais da metade das famílias da região que compõe o território do antigo Núcleo de Colonização Colônia Nova Itália, tem algum parentesco com os primeiros italianos vindos para o Brasil”, revela.

O professor conta que os estudantes analisaram uma amostragem genealógica correspondente as 46 famílias dos alunos nascidos entre 2001 e 2004. Levando em consideração que a amostragem é de uma geração inteira de moradores dos bairros ao entorno da Escola, eles chegaram à conclusão de que aproximadamente 54% dos moradores são descendentes de italianos que chegaram à Comunidade ainda no século XIX.

 

Confira a matéria completa na edição 700 impressa do jornal Correio Catarinense de sexta-feira, 23.