Ligue e Assine: (48) 3265-0446

20/12/2019 | Tamanho da Letra A- A+

Especial de Natal: Entidades de acolhimento preparam ceias especiais para viverem o Natal

Mais de 150 pessoas passaram a data festiva em casas de recuperação ou lares de idosos, em São João Batista

 

Natal é um período de reflexão e de união entre famílias. Entretanto, algumas pessoas em situação de vulnerabilidade passarão a data em casas de recuperação ou lares de idosos, vivenciando de uma maneira um pouco diferente.

Em São João Batista, a Comunidade Bethânia, Casa de Acolhimento, Restauração e Evangelização (Care), Lar de Idosos Olindina Kammer, e Chácara Nova Esperança, preparam uma programação especial para viver o tempo de Natal com os internos.

Com 107 moradores, entre os que cuidam e os que são cuidados, a Comunidade Bethânia preserva as celebrações do tempo do advento durante os fins de semana, juntamente com as pessoas que os visitam.

O padre Elinton Costa, ressalta a importância desse tempo de espera, que é de bastante expectativa e alegria. “Sabe aquela espera quando diz para criança que está chegando o Natal e ela fica esperando porque vai ganhar presente? Temos esse mesmo sentimento, mas acolhendo o melhor de todos os presentes que é o próprio filho Jesus, nos dado para nossa Salvação”, diz.

Durante a data natalina, todos os internos, chamados de filhos, os voluntários e padres permanecem na entidade. “Na noite de Natal preparamos após a celebração da missa, uma ceia especial, onde todos recebem presentes e chocolates, provenientes de doações”, conta.

Ele lembra que a maioria dos internos não tiveram a graça de viver bem o Natal enquanto estiveram fora de Bethânia. “Mais do que uma ceia de Natal, onde se come e bebe, sem bebida alcoólica, claro, e mais do que estar à mesa, é estar à mesa na presença do outro, valorizar e ser verdadeiramente família”, destaca.

Neste ano, a entidade prepara uma grande novidade, em parceria com a paróquia de São João Batista. Na noite de sábado, às 19h, na Igreja Matriz, haverá uma cantata de Natal, com Álvaro e Daniel. Eles cantarão a missa, e em seguida trarão alguns cantos natalinos e momento de oração.

 

Preparação durante o mês

Já na Casa de Acolhimento, Restauração e Evangelização (Care), a programação natalina foi pensada em novembro, pois o Natal na entidade é vivenciada de forma bastante intensa. “É um período de oração, em que os internos enfrentam muitas lutas contra si mesmo, pois se culpam pelas vezes que não deram valor à data e não se importaram com a família”, informa a responsável, Márcia Cordeiro.

Atualmente, 28 pessoas residem no local e vivenciarão a ceia de Natal dentro da entidade.

Nesta sexta-feira, 20, o Encontro de Pais em Cristo (EPC) estará na entidade para preparar uma janta especial.

E, na véspera de Natal, a própria Casa oferta a ceia natalina. Uma novidade neste ano será, após a celebração, a noite cultural. “Os próprios internos farão a festa de confraternização, em que colocarão em prática os dons, em um momento de descontração. Eles mostrarão para si mesmo que podem fazer a festa de ‘cara limpa’, sem uso de drogas. É um momento em que podem mostrar verdadeiramente o que são”, ressalta Márcia.

 

Em busca de doações para ceia

Na Chácara Fonte Esperança, localizada em Ribanceira do Sul, residem 23 pessoas, que são moradores de rua e dependentes químicos em busca da recuperação. Como a entidade funciona como casa de apoio, os internos tem a total liberdade para passar o Natal com as famílias, ou permanecerem na Chácara.

“Porém, como acolhemos mais pessoas em situação de rua, que chegaram até nós na total miséria, a maioria não tem mais o convívio familiar ou não tem ninguém por elas. Então passam o Natal conosco”, explica o coordenador geral, Manassés Dionízio.

Como a entidade é filantrópica, ou seja, não recebe recursos do governo, se mantém a partir da venda de temperos naturais. “Estamos nos preparando para ver se teremos estrutura financeira para oferecer algo a mais para nossos internos. Por isso, contamos com as doações da comunidade para passarmos a ceia de Natal na casa”, diz.

Como em anos anteriores, Manassés afirma que a intenção é realizar uma noite de Natal especial, para que os internos sintam o acolhimento e vivam a data de forma mais verdadeira.

 

Idosos comemoram data antecipada

No Lar Olindina Kammer, os 32 idosos que residem no local comemoram o Natal de forma antecipada, para poderem celebrar com os familiares.

A presidente da entidade, Marli Pera Mazera explica que na data de 25 de dezembro, não há a visita para familiares, e os idosos permanecem no local. “Então no dia de Natal os funcionários e responsáveis pela casa, organizamos um belíssimo almoço a eles”, revela.

 


Você está lendo: Entidades de acolhimento preparam ceias especiais para viverem o Natal

Leia também: 

Neotrentina presenteia mais de 150 amigos com cartões feitos manualmente

Terno de Reis do Rapaze mantem tradição de visitar as casas próximo ao Natal

Casinha do Papai Noel, em São João Batista, estará aberta na véspera de Natal

Carro da CDL será sorteado na terça-feira

Madrinhas da Apae se sensibilizam com ação anual

Recuperação de Vitório ganha mais forças ao ser liberado para ser o Papai Noel

Programação de Natal em Nova Trento segue até dia 25

CDL sorteia prêmios da campanha Sonho de Natal

Pizzaria de Nova Trento realiza evento solidário de Natal